XIX FÓRUM DE INTERCONSELHOS DE DIREITOS DE SÃO GONÇALO

Atualizado em 11/09/2019 - 16:30h

No ultimo dia 22, das 9:30 às 13:30 horas, aconteceu o XIX Fórum Interconselhos de Direitos de São Gonçalo nas dependências do Auditório do Ministério Público de São Gonçalo, localizado na Av Dr Getúlio Vargas, 2670 - Santa Catarina, SG.

O tema do fórum foi Políticas inclusivas para as pessoas com deficiências, que foi debatido pela Sra Ana Mantuano, Presidente da Fundação para a Infância e Adolescência–FIA/RJ, Sra Tânia Loyola, Subsecretária da Pessoa com Deficiência e Presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência de São Gonçalo, Sra Kátia Vasques, Presidente da Federação Estadual das Instituições de Reabilitação do Estado do Rio de Janeiro-FEBIEX e a Sra Marisa Chaves enquanto articuladora do Fórum Interconselhos e coordenadora do debate.

O Fórum é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para o Idoso, Mulher e Pessoa com Deficiência, da Prefeitura de São Gonçalo, enquanto resposta às demandas de articulação e formação continuada para os conselheiros de políticas públicas com assento nos conselhos de assistência social, saúde, criança e adolescente, mulher, pessoa idosa, álcool e outras drogas, educação, promoção da igualdade racial, defesa dos direitos da mulher e educação.

O tema do XIX encontro contou com a presença de 120 pessoas; ocasião em que propostas foram encaminhadas e aprovadas pelo plenário.

A Sra Ana Mantuano, Presidente da FIA/RJ, falou acerca da rede conveniada à FIA, àquela que é dedicada ao acompanhamento continuado de crianças e adolescentes com deficiências como a rede das Apaes, Pestalozzi e demais instituições filiadas à Febiex, bem como sobre a importância das instituições acompanharem e contribuírem com a elaboração e monitoramento do orçamento público.

Após as exposições foi aberto ao debate público onde muitas instituições do terceiro setor relataram a falta de instituições dedicadas aos deficientes visuais e auditivos. A Sra Ana Mantuano mencionou que a rede conveniada à FIA não possui instituições com termos de parcerias vigentes que enfrentam os desafios das pessoas surdas e deficientes visuais.

O Conselho Municipal de pessoa com deficiência expôs o trabalho que vem sendo realizado e solicitou a presença de todos nas reuniões ordinárias e extraordinárias.

O evento encerrou-se às 13:30 horas.

 

  

  

 

Voltar

FIA - Fundação para a Infância e Adolescência
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos