PRESIDENTE DA FIA É RECEBIDA POR REPRESENTANTES DA ÁREA DE SEGURANÇA PÚBLICA

Atualizado em 13/07/2017 - 12:57h

Secretário Roberto Sá e chefe de Polícia Civil, Carlos Leba, vão firmar parcerias com a instituição na busca por crianças desaparecidas

Dando continuidade à agenda de compromissos pelo Dia Internacional da Criança Desaparecida, em maio, a Fundação para Infância e Adolescência (FIA), instituição ligada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social deu o pontapé inicial para o trabalho conjunto entre órgãos de segurança do Rio de Janeiro. A presidente da FIA, América Tereza Nascimento da Silva, se reuniu com o secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, e o chefe de Polícia Civil, Carlos Leba, nesta quarta-feira (28\06), com o objetivo de agilizar a busca por crianças e adolescentes desaparecidos no Estado.

Esse foi um dos compromissos firmados entre a presidente da Fia e o secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, Pedro Fernandes, diante de um problema que aflige tanto as famílias como toda a sociedade.

- Estamos dando mais um passo para que resguardemos as famílias e os jovens que passam por esse problema tão doloroso. A FIA vai abrir todas as suas unidades e ajudar, de uma maneira mais efetiva, as famílias que passem por um problema tão sério que é o desaparecimento. A cooperação da área de segurança é fundamental para que a notificação imediata seja cumprida à risca. Assim, fica mais fácil a localização desses jovens e o retorno para suas famílias ? destacou a presidente da FIA.

No encontro, que contou também com a presença de representantes do Movimento Mães de Desaparecidos do Rio de Janeiro, como a presidente do Grupo, Luciene Torres, ficou acertado que uma agenda positiva, com edições de portarias que garantam maior agilidade no trabalho de investigação e descoberta desses jovens, assim como uma maior integração entre diversos órgãos e a FIA.

O chefe de Polícia Civil, Carlos Leba, irá agendar, para os próximos dias, uma nova reunião com representantes do IML, Instituto Félix Pacheco, Delegacia de Descoberta de Paradeiros, além da área tecnológica da Polícia. Todos juntos com o objetivo de devolver às famílias as crianças e adolescentes que desaparecem no Estado do Rio de Janeiro.

Voltar
FIA - Fundação para a Infância e Adolescência
Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Social